Instruções | Candidatura a Infância

A submissão de candidatura ao jardim de infância pressupõe a sua concordância e aceitação dos termos expostos no regulamento geral do jardim de infância.

No âmbito, e para efeito dos serviços que prestamos, os Serviços de Ação Social da Universidade de Lisboa (SASULisboa), na medida em que determinam os meios de tratamento e as finalidades, é a entidade responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais e por assegurar a proteção da sua privacidade, atuando em conformidade com a lei e o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Caso pretenda contactar o encarregado de proteção de dados poderá fazê-lo através do email rgpd@sas.ulisboa.pt. Caso tenha alguma dúvida ou dificuldade durante o processo de candidatura, contacte-nos através do email uti@sas.ulisboa.pt.

Os dados recolhidos têm como finalidade permitir que sejam realizadas as diligências pré-contratuais associadas ao processo de candidatura e frequência do jardim de infância. Esta análise implica a validação da sua qualidade de membro da universidade de lisboa e dos seus dados relativos à candidatura a bolsa de estudo, de modo a permitir determinar a prioridade de acesso e benefícios sociais aplicáveis.

O processo de candidatura desenrola-se em cinco fases distintas. Caso tenha alguma dúvida ou dificuldade relativa ao mesmo, contacte-nos através do email jardim.infancia@sas.ulisboa.pt.

Fase 1 - Na primeira fase deverá começar por identificar a criança através do número do documento de identificação da mesma e após esta operação deverá preencher, completar ou apenas verificar os dados pessoais.

Fase 2 - Nesta fase deve preencher a filiação da criança. Com o preenchimento do número de identificação de cada um dos pais será validada de forma automática a condição de membro da Universidade de Lisboa.

Fase 3 - Nesta fase serão recolhidos todos os dados associados à determinação da mensalidade a aplicar.

Fase 4 - Nesta fase, terá de submeter, em formato PDF, os documentos necessários para comprovar as escolhas realizadas na fase anterior. Em todas as candidaturas é obrigatória a submissão de atestado médico comprovativo do estado de saúde da criança e poderão ser exigidos os seguintes documentos:

  • Composição do agregado familiar atestado pela junta de freguesia (apenas no caso o número de elementos do agregado familiar seja distinto do constante no modelo 3 do IRS);
  • Declaração de IRS de todos elementos do agregado familiar;
  • Nota de Liquidação do IRS
  • Declarações de rendimentos não tributáveis, tais como: subsídio de desemprego, bolsas de estudo, e declaração das finanças comprovativa de não existência de rendimento.

Fase 5 - Serão exibidos os resultados da candidatura, bem como as instruções sobre como proceder caso existam irregularidades.

Consentimentos

Declaro que entendi de forma clara e consinto que: